Fale com nosso vendedor pelo whatsapp
11 99860-7983
11 4729-6565
Tenho interesse
11 4729-6565
Como chegar

Notícias


Veja as próximas novidades da Honda para o Brasil

Jornalistas brasileiros que foram ao Salão de Tóquio se decepcionaram pela ausência de marcas. Nenhuma dos Estados Unidos, nenhuma da Europa e nem da Coreia do Sul, só mesmo japonesas. E o que é pior: fraco de lançamentos também. Aliás, só teve um que salvou para o Brasil, para o nosso mercado, que foi o Fit. A Honda mostrou esse novo modelo que tem um estilo moderno, embora na minha opinião, menos agressivo e menos ousado que os Fits de outras gerações.

Mas mecanicamente um sucesso, porque ele tem motor a combustão, dois motores elétricos com bateria na parte traseira e muita tecnologia. Por falar nisso, o estilo traseiro dele é bem moderno, mas nada ousado. Aliás, isso é marca registrada da Honda. Ela vai discreta, mas vai em frente.

O Honda Fit apresentado no Salão de Tóquio será para o mercado japonês, vai ser lançado em fevereiro de 2020. E para o Brasil? Olha, bem que a Honda está devendo um híbrido lá para o nosso mercado, afinal a Toyota já tem, a Honda ainda não tem.

Durante o Salão foi apresentado também o primeiro híbrido da Honda no Brasil, o Accord,  que virá em 2020. Ele tem uma novíssima tecnologia híbrida com um motor de 2 litros a combustão e dois elétricos, potência combinada de 215 cavalos, sem caixa de marchas, mas com um sistema super engenhoso bolado pela Honda, em que o motor a combustão só traciona o carro em velocidade mais altas com uma relação constante de marcha. Mas é usado também para carregar as baterias.

Esse Fit no Salão de Tóquio é sua quarta geração, e o seu sistema híbrido usa motores de menor potência que o Accord, porém mantendo o mesmo princípio de funcionamento. Além da versão híbrida, ele terá também uma versão só com motor a combustão que deve chegar ao Brasil entre 2020 e 2021. O Fit tem algumas configurações de carroceria, e entre elas muitos acharam essa dianteira um pouco estranha. Mas tem uma outra, talvez mais palatável para o nosso mercado, chamada Crosstar.

Outra curiosidade dessa nova geração do Fit é a coluna branca nos dois lados do para-brisa, é uma falsa coluna. Pois a real está mais para trás, entre uma espécie de quebra-ventos e a janela, aumentando consideravelmente a visibilidade. O novo Fit tem um interior bem mais sofisticado, com um painel de instrumentos digital, e no centro uma tela de multimídia bem solucionada, semi-encaixada no painel. Do seu lado, um porta-luvas superior que se abre para cima e um outro inferior, que se abre para baixo.

O volante é apenas de dois raios e no console tem um porta USB e uma tomada de 12 volts. Tanto o porta-malas, como o espaço no banco traseiro foram aumentados e o assoalho traseiro é do tipo quase plano, sem incomodar quem vai no centro.

Eu achei o estilo na traseira do novo Fit muito bem resolvido, nada de ousadia. Também quer saber? Às vezes ousadia acaba cansando. Mas são linhas modernas, simples, agradáveis e com um charme extra: a solução da tampa de gasolina fica grudada na lanterna.

Se o Accord será o primeiro Honda híbrido no Brasil, o Fit poderá ser o segundo ou o terceiro. E o primeiro compacto com essa configuração mecânica.



Fonte: Auto Papo





Honda
Mogi
Rua Basílio Batalha, 297
Vila Vitória - 08730-090
Honda
Arujá
Rua Jurandir Sanches Maiolino, 21
Vila Pedroso - 07434-310